sexta-feira, 25 de novembro de 2011

SUPER WORKSTATION UNGER GS6300 - PARTE 4

Prometo que essa será a ultima parte !
Bom , hoje vou falar da placa de video.
Para essa maquina , escolhio uma placa de video EVGA Nvidia GTX460, que tem uma GPU muito moderna e ainda nela temos integrada na GPU, 336 nucleos CUDA , que foram especialmente desenvolvidos para a Adobe que usou esse hardware como base para a sua Mercury Playback Engine . Esta tecnologia , quase exclusiva de maquinas com Windows, porque para MAC a implementação é apenas parcial, ou seja o sistema operacional , por ser muito limitado, o ultimo deles o Lion X 10,  mal da suporte ao processador XEON ( nucleo Nehaleen)  da Intel de quase 3 anos atraz. Limitado em 12 cores/24 threads, não foi inserido no Lion suporte ao Westmere nem ao Ivy Bridge que será disponibilizado ao mercado em breve com 8 e 10 cores ( 16 / 32 threads). Site da intel com esses processadores .
Da  mesma forma é limitado no endereçamento de nucleos CUDA, fazendo isso para apenas 192 nucleos. Assim a Nvidia disponibilizou apenas duas placas/drives, ou seja a Quadro 4800 e a 5800, mas o suporte a cuda não aparece nos drives, tem que instalar um software adicional.
Bom , para que não conhece a Mercury Playback Engine, aqui está o Sneak Peak da Adobe :

________________________________________________________
PARTE 1:
_________________________________________________________

E para terminar, a parte 2. aqui ele mostra a maquina lidando com 4 layers de RED em 4 K


_________________________________________________________

Mas aqui tem uma pegadinha. essa maquina dele está equipada com uma quadro FX4800, a unica que tem suporte para MAC, embora ele esteja rodando em Windows , porque na época desse video ainda não tinha nem o suporte parcial aos nucleos CUDA que tem hoje .

Mas devido as limitações do sistema operacional do MAC que aliás não dá suporte aos novos processadores da Intel, mesmo a versão Lion 10, que da suporte ao Nehalleen, que já fez tres anos, nem sabe da existencia do Westmere e do Yvy Bridge...tadinha da Apple. A divisão pro apps, hoje representa menos de  4% do faturamento  dela , então é claro que não ha muito interesse em investir muito. Um prova disso é exatamente as alicações Pro, que ja se foram. Assim o Lyon suporta 12 nucleos ( 24 threads ). Assim o Stteping 7 dos XEON de 8 e  10 cores ( 16 e 20 threads) é apenas uma informação de sua existencia para o MAC OS, ele não vai usar . Os monstros da AMD de 24 cores que vão sair ano que vem então .... Só para informação , o Windows trabalha com dois processadores fisicos independente do numero de cores ! As versões server trabalham de 4 a 64 processadores independente do numero de cores ! É mesmo só para humilhar. O windows é capaz de endereçar 2.5 teras de RAM, o MAC OS, 1/4 disso!

O FCP virou um Imovie melhorzinho, o Color acabou, o Sound track morreu de velho, dentre outras.
A propria pagina da Apple Pro divison, é a mesma desde 2009 ! Anunciando as velhas novidades, tais como a atualização do FCP 7 !!!! .
Tem uma cobertura da campanha do Obama  à presidencia da republica . KKKKK.!!!!

Que me desculpem os adoradores do diab... digo da Apple, eles terão apenas duas opções de placas dessas , as Quadro 4800 e 5800, que tem driver para mac e implementação de 192 nucleos CUDA, por causa de limitações do MAC OS. As Teslas não serão comercializadas para Apple , por que não foram cinstruidas pra isso , porque a NVIDIa não viu porque fazer um hardware pra não ter aplicação no MAC OS, pois as teslas são voltadas para calculo pesado, aplicações de exterema complexidade , que estão a anos luz do MAC OS, mas estão no dia-a dia dos servidores LINUX, SOLARIS e WINDOWS. A ADOBE espertamente aproveitou o poder massivo de processamento delas e tratou de implementar uma alteração no Premiere 5.5 para suporta-las . Estive em SAMPA em meados de outubro, e pude ver uma maquina igual a essa, um Phenom II X6 1100T, com a mesma configuração, exeto um raid 0 de 8 discos e  com uma Tesla 2050 bombando , fazendo render de um documemtário de 59 minutos, em 2k, com trocentas edições , correção de cor, som 5.1 , e a maquina engoliu aquilo tudo em 11 minutos !

Bom , para essa workstation então resolvi adicionar uma EVGA GTX460, com 1Gbyte de DDR5, 750Mhz, PCIEx16, 336 nucleos CUDA e que para minha alegria não tem driver para MAC, só para Windows. Linux , Solaris e FreeBSD, mesmo porque iria ficar metade do hardware da placa de video inoperante....

Está aqui a bruta :

Montagem: GTX460 em frente o gabinete

Assim ela vem "de fabrica " :

GTX 460 na sua embalagem original
Na caixa, muito bem embalada,  acompanha:
  • O manual, impresso uma parte, mas conteúdo completo no CD
  • Um par de adaptadores de energia em 12 V caso a fote não tenha os conectores
  • Um adaptador de Mini-HDMI para HDMI standard
  • Um adaptador DVI para RGB
No CD de acompanhamento , traz alguns aplicativops exclusivos da EVGA, tal como o EVGA precision, além da suite padrão da Nvidia. O driver presente era o Forceware 270.5 , que depois de instalado foi atualizado para o Forceware 285.3 eu acho .

Imagem do Hot Site da GTX460 no portal da  EVGA
 Essa imagem do hot site da EVGA mosta os highligths dessa placa. como disse no mac só suportaria 192 dos 336 CUDAs e parte da GPU (a implementação Open GL). O resto ficaria só gastando energia . Nada disso foi desenvolvido para MAC (sic) OS!

Placa já instalada na máquina .

Segue um review feito pelo pessoal do Clube do hardware - Já tem alguns meses.

 "O GeForce GTX 460, que está sendo lançado hoje, é o mais novo chip gráfico DirectX 11 da NVIDIA. As placas de vídeo baseadas neste novo chip gráfico custarão entre US$ 200 (modelo de 768 MB) e US$ 229 (modelo de 1 GB), nos EUA, o que farão delas as placas de vídeo DirectX 11 mais baratas baseadas em uma solução da NVIDIA. Com a recente redução de preços conduzida pela AMD/ATI, este novo processador gráfico compete diretamente com o Radeon HD 5830. Vejamos como esta placa de vídeo com overclock de fábrica da MSI, a N460GTX Cyclone 768D5/OC, se sai em nossos testes..

O novo chip gráfico GeForce GTX 460 vem com clocks mais elevados (clock interno de 675 MHz e clock das unidades de processamento de 1.350 MHz) do que os chips GeForce GTX 465 e GeForce GTX 470 (607 MHz e 1.215 MHz em ambos). O clock da memória usado no GeForce GTX 460 é inclusive maior do que o usado em modelos mais caros (3,6 GHz contra 3.206 MHz no GeForce GTX 465 e 3.348 MHz no GeForce GTX 470), mas a largura de banda da memória depende do modelo da placa GTX 460 que você tem: o modelo com 768 MB usa uma interface de memória de 192 bits (o que se traduz em uma taxa de transferência máxima teórica de 86,4 GB/s), enquanto o modelo de 1 GB usa uma interface de memória de 256 bits (taxa de transferência máxima teórica de 115,2 GB/s). Placas GeForce GTX 465 têm uma interface de memória de 256 bits (102,5 GB/s), enquanto placas GeForce GTX 470 têm interface de memória de 320 bits (133,92 GB/s). A principal diferença entre os chips GTX 460, GTX 465 e GTX 470 é a quantidade de motores gráficos (também conhecidos como “processadores”, “shaders” ou “núcleos CUDA”): 336, 352 e 448, respectivamente. Na tabela abaixo nós comparamos as principais especificações das cinco placas de vídeo incluídas em nosso teste. O modelo Cyclone 768D5/OC vem com um overclock de 7,4%.
"




O modelo exato da que está instalado, sua velocidade de clock, memoria e etc , pode ser visto aqui :
Exertos da tela atual do computador, com os monityoramentos também do ASUS Probe.







E por fim, a maquina completa funcionando :



No mais, a maquina recebeu 16 Gbytes de memória 1333 de 4 giga cada pente, Hyper memory da Kyngston, outro hd da samsung de 320 gigas para o sistema e aplicativos, os drivers de CD/DVD/BLURAY e Cartões de memória completam o conjunto .




Vistas dela funcionando .              

Bom está ai , precisando de uma é só falar que monto uma dessa. Vale a pena demais.

Vou ficando por aqui. Obrigado por ler meu artigo.

Leossom.













quinta-feira, 24 de novembro de 2011

SUPER WORKSTATION UNGER VULCANO GS6300 - PARTE 3

Bom , agora na terceira e talvez a ultima parte da postagem , devo encerrar esse topico .

A maquina agora já está montada e funcionando .

A base do projeto  foi uma ASUS SaberTooth, a mais bem equipada placa para soquete AM3+ do mercado . Podem falar que as gigabyte são melhores ou as proprias Crosshair, mas se for ver , ela até tem mais slots PCIe, mas a SaberTooth, tem duas cpontroladoras de disco, chipset AMD 990fx e já está ´reárada para a nova tecnologia/plataforma Bulldozer nda AMD.

The Ultimate Force - Nova linha de hardware da ASUS


Essa nova linha de hardware tambem chamada de TUF, é composta por componentes desenvolvidos sob especificações dos componentes para uso militar e/ou constante. Desenvolvida para funcionar em modo 24x7, nunca pára, tais como as que uso em meus computadores.  Eles inclusive vão, se não acabar a energia e ficar mais tempo que os no break deles pode aguentar, completar 17 meses de funcionamento initerrupto no proximo dia 30.  Para efeito de computadores, se considera uma interrupção, suficientepara parar de contar, as que duram mais de 5 minutos de maquina totalmente parada, porque ai os componentes internos saem da temperatura que a gente chama de Ponto Quiescente. Uma vez que a temperatura é o item mais relevante, ele então é o ponto de contagem de tempo.

É claro que muitos boots foram dados nesse período, mais porque softwares foram instalados ou desinstalados, e as famigeradas atualizações da Micro$oft. 

Aqui está a placa mãe :



A ASUS Saber|Tooth












Fig 20 - Detalhes dos Slots PCIe X16
Asus Sabertooth 990FX Placa mãe projetada pra plataforma AM3+ equipada com chipset 990 FX e Southbridge SB950 capaz de trabalhar com até quatro placas gráficas, fabricada com componentes altamente duráveis e de qualidade para oferecer máximo desempenho e estabilidade ao computador. Esta belesinha tem muito a oferecer em ternos de desempenho . Tem duas controladoras SATA, uma para até 6 discos SATA3 6Gb/s e outra J micron para mais dois , atém de duas portas e-SATA, uma na frente do gabinete e outra atraz, e ainda mais uma Power e-SATA, ou seja ela é capaz de alimentar um disco externo .

Seguem mais detalhes :

- Fabricante: ASUS
- Modelo: SABERTOOTH 990FX

- Socket: AM3

- Processador: AMD AM3 + FX / Phenom II / Athlon II / Sempron 100 Series
- Suporta AM3 + CPU de 32 nm
- Suporta CPU de até 8 núcleos
- Suporta CPU até 140 W
- AMD Cool 'n' Quiet Technology

- Chipset: AMD 990FX/SB950

- Memória:
- 4 x DIMM, máx. 16 GB, DDR3 1866/1600/1333/1066 Hz ECC ECC, Non-ECC, Un-buffered Memory
- Arquitetura de memória Dual Channel

- Slots de Expansão:
- 3 x PCIe 2.0 x16 (dual x16 or x16, x8, x8)
- 1 x PCIe 2.0 x16 (x4 mode, black)
- 1 x PCIe 2.0 x1
- 1 x PCI

- Dispositivos de armazenamento:
- SATA 6Gb/s: 6
- RAID SATA: 0/1/5/10
- JMicron® JMB362 controller : - 2 x SATA 3Gb/s port(s), black- 1 x Power eSATA 3Gb/s port(s), green- 1 x eSATA 3Gb/s port(s), red
- Áudio integrado:
- Chipset Áudio: ALC 892 8-Channel High Definition Audio CODEC
- Canais de Áudio: 8 canais

- LAN onboard:
- Chipset LAN: Realtek 8111E
- Velocidade máxima da LAN: 10/100/1000 Mbps

- Painel Traseiro:
- 1 x PS/2 keyboard/mouse combo port(s)
- 1 x eSATA 3Gb/s
- 1 x Power eSATA 3Gb/s
- 1 x IEEE 1394a
- 1 x LAN (RJ45) port(s)
- 2 x USB 3.0
- 10 x USB 2.0
- 1 x Optical S/PDIF out
- 6 x Audio jack(s)

- Aspectos Físicos:
- Modelo: ATX
- Dimensões: 30,5 cm x 24,4 centímetros
- Alimentação: 24 Pinos

- Garantia: 12 meses
 

Segue um review bem completo sobre a placa , rerirado do site Techpowerup, publicado no site www.gamevidio.com

Asus Sabertooth 990FX

por THIAGOXT, fonte Techpowerup, data 18 Mai (7 meses atrás) editar remover


Asus Sabertooth 990FX Placa mãe projetada pra plataforma AM3+ equipada com chipset 990 FX e Southbridge SB950 capaz de trabalhar com até quatro placas gráficas, mantendo o esquema de cores dos outros membros do TUF-série e componentes altamente duráveis.
imagem


imagem

imagem

A Sabertooth possui 10 fases VRM Digi+, slots DDR3 DIMM que suportam dual-Channel DDR3-1866 MHz, HyperTransport 3,1, quatro slots PCI-Express 2.0 X16 trabalhando em x16/x4/x8/x8, x16/x4/x16/NC, um slot PCI e um slot PCI 1x, seis SATA 6Gb/s internos com suporte para RAID, dois SATA 3Gb/s internos, uma Power-eSATA/USB e uma eSATA normal no painel traseiro.
Outros recursos de conectividade incluem 8.2 canais de áudio HD Realtek ALC892  com saída SPDIF óptica, uma conexão Gigabit Ethernet, quatro portas USB 3.0 (duas traseiras, duas de cabeçalho),portas USB 2.0 e Firewire. A Sabertooth possui também alguns recursos exclusivos da ASUS como o UEFI BIOS com EZMode, MemOK e dissipadores de calor Ceram! X e etc, etc, etc ...
imagem

imagem



Faltando ainda cerca de um mês para a AMD lançar os seus primeiros processadores baseados na arquitetura Bulldozer, os processadores da série FX (Zambeze),e com uma certa concorrência acirrada entre os fabricantes de placas-mãe (7 chaves nos NDA de mobos) uma das primeiras revelações sobre a nova plataforma acabou caindo na WEB, inclusive com direito a fotos.
A verdae, é que estamos muito aquém de saber o seu desempenho real, mas cogitam-se as boas ou ‘mãs’ linguas que os novos processadores serão capazes de mandar os SB da Intel em até 30% ao que se refere em processamento gráfico, porém parece (segundo estas línguas) que a AMD ainda não encontro o sucesso dos processadores, sendo que devem ficar bastante distante na questão de processamento matemático. Bom, vamos ao que interessa, abaixo as fotografias da motherboards Asus Sabertooth 990FX que vazou.
Vista abaixo nas várias fotos, a nova motherboard faz uso do chipset AMD 990FX/SB950, apresentando suporte para processadores AMD AM3 +, um circuito de alimentação DIGI+ com 8 +2  fases, suporte para as tecnologias TPU e EPU,  e ainda a utilização de componentes TUF. Em adição, a motherboard da Asus apresenta suporte para a tecnologia MemOK!, que assegura a compatibilidade da memória no início do sistema, protecção para ESD (descarga eletrostática), além do monitor térmico que monitora as temperaturas em tempo real e ajusta a velocidade das ventoinhas de acordo com definido ou pré-ajustado.





É claro que não são muitos computadores que poderão contar com essa placa neles, porque a ASUS já definiu um volume de produção pequeno para marter sua exclusividade . Mas esse aqui ficou valente . No indice de desempenho do Windows 7 que vai até 7.8, essa maquina atingiu 7.6.

Na proxima oportunidade , tem mais . Vou falar da adaptadora de vídeo EVGA GTX460.

Abraços a todos .

domingo, 20 de novembro de 2011

SUPER WORKSTATION UNGER VULCANO GS6300 - PARTE 2

Bom , como ia dizendo ,  essa maquina vai contar com um disco de boot de 320 GBytes, mais um Array de 4 discos de 500 Gbytes.

Bom essa é uma brincadeirinha que sai caro . Se essa super máquina fosse para um gamer por exemplo , a disponibilidade de discos não seria uma preocupação, pois nesse mercado precisa-se de alto poder de processamento de video e audio , e não de processamento central ou discos .

Assim bastaria um processador de 3 ou 4 nucleos, mas uma placa de video o dobro da que será usada aqui em processamento bruto, ou seja uma GTX560, 570, 580 ou a monstra dual core GTX590, com 1024 nucleos CUDA, que é na verdade duas 580 em um unico chassi .


FIG. 11 ) Os Hitachi DeskStar 500G

Esse bruto, concebido pra funcionar initerruptamente 24x7, é simplesmente o melhor HD já fabricado . Este é o disco padrão dos servidores High Volume da BULL Systèmes francesa onde trabalhei. Com essa tormenta que aconreceu na Tailandia, metade do mundo vai ficar sem HDs até depois do natal . Só a Western Digital , perdeu uma fábrica e um galpão com 600 mil unidades .
FIG. 12 ) Os Hitachi DeskStar 500G Série 7250
Quando estava procurando discos pra comprar pra essa maquina , que eu vi o preço que estavam pedindo eu ainda confirmei direitinho , porque esse é um HDS7250, e essa série é a bruta. A série domestica, de baixo custo, ou para desktops comuns, é a HDS7100; São discos equivalentes aos Seagate  Samsungs WD e etc, em desempenho, performance e preço . A 7250 é uma linha profissional presente apenas em servidores como IBM, BULL, ou Fujutsu . Fiquei um tempão só olhando pra eles .

FIG. 13) Parafusos dos Disk Cages

16 parafusos depois temos os disc cages removidos do gabinete.

Fig 14 - disc cages removidoss
Em cada um deles é possivel a instalação de 4 unidades, com refrigeração forçada, via a ventoinha frontal
Fig. 15 - Vista do Gabinete sem os disc cages














Este tipo de gabinete , pode ser usado também com
aquelas gavetas de HD que se pode remover do computador, do tipo Hot-Swap, por isso ele é asssim mais largo, porque essas gavetas são do tamamnho de uma unidade padrão de CD/DVD/BLURAY .
Sobre os discos :
  • Padrão :  SATA - Capacidade :  500GB - Taxa de Transferência :  300MB/s RPM :  7200rpm - Configuration Interface SATA 3Gb/s   Max. areal density (Gbits/sq. in.)167.6
  • Performance : Rotational speed (RPM) 7200 - Media transfer rate (Mbits/s, max) 1889 Interface transfer rate (MB/s, max) 300
  • Reliability : Error rate (non-recoverable, bits read) : 1 in 1214
  • Load/unload cycles (at 40¢ª C) : 300,000  -  Availability (hrs/day x days/wk) : 24x7
  • Acoustics : Idle (Bels, typical) - 2.4 - Power Idle (W) - 4.4
  • Environmental (operating) : Ambient temperature 0o to 60o C - Relative humidity (non-condensing)  8% to 90%
  • Shock (half-sine wave)  70  Vibration, random (G RMS 5 to 500 Hz) 0.67 (XYZ)
  • Environmental (non-operating) Ambient temperature -40o to 70o C
  • Relative humidity (non-condensing) 5% to 95%  -  Shock (half-sine wave, G (2ms)) 350
  • Vibration, random (G RMS 2 to 200 Hz) 1.04 (XYZ)

Bom, eun tinha falado lá em cima , que essa era uma brincadeira que sairia cara, porque se voce instala ums unidade só de 2 TB, ela custa una 10% mais cara que uma unica unidade de 500GB por exemplo.
Numa maquina de baixo custo, essa seria a opção , assim como a do gabitete, do cooler, mas nesse nivel de performance e disponibilidade que queremos, temos que projetar a maquina visando reduzir ou eliminar os gargalos nos diferentes módulos da maquina . Com os discos não é diferente. Uma unica unidade, tem seu nível máximo de disponibilidade algumas veses superado quando em execução uma suite de edição como a CS5.5 , isso se traduz em um gargalo, ou seja o computador fica parado esperando o disco terminar de ler ou escrever os dados.

Quando se implementa o RAID, o sistema fragmenta os dados e cada unidade apenas tem que lidar com uma parte menor de cada dado , e com issoo tempo gasto nessa atividade é menor. Em termos praticos, podemos dizer que dois discos em raid 0 significa uma unidade com cerca de 4,5 vezes o desempenho normal.
Bom, depois continuo. vou dormir !

domingo, 13 de novembro de 2011

SUPER WORKSTATION UNGER VULCANO GS6300

Um cliente me encomendou uma maquina pra edição .Ela está em processo de montagem . Chegou o gabinete.
Um Sentey Vulcano Blue GS6300

 FIG. 1) Vista do gabinete. lado direito, lateral que suporta a placa mãe .
Vemos também mais dois ventiladores de 14 Cm, 60CFM, (Cubic Feet per Minute) em cada compartimento de discos, ou seja  a quantidade de ar que a ventoinha é capaz de mover em Pes Cúbicos por minuto.
Um pé cubico por minuto equivale a cerca de 1000 litros de ar. Esse ar todo é insuflado para dentro do gabinete, passa pelas unidades de disco, (4, em cada compartimento ) e é retirado pelo exaustor superior e pelo trazeiro.





FIG. 2 )  Vista da fonte já instalada, uma XFX CORE POWER 850W reais, 90% eficiencia, Bronze Eficciency level . 

 FIG. 3)Detalhe fonte XFX Core Power Pro 850 W- Lateral Interna


  FIG. 4) Detalhe fonte, e do ventilador adicional de 58CFM virado para insuflamento também , tomando ar externo , via o espaço sob o gabinete.

Abaixo o Switch Principal, e o soquete  do cabo de alimentação . Esse cabo já veio  no famigerado padrão Brasileiro de tomadas que não tem similar em lugar algum do mundo . Só mesmo para forçar os brasileiros a trocar todas as tomadas da casa.




 FIG. 5) Detalhe exaustor superior. Este exaustor de 22 CM, tem mais de 80CFM de capacidade na rotação máxima. No gabinete tem uma chave para selecionar a velocidade entre , Slow, Medium e High. Se a maquina estiver num ambiente muito quente, pode-se colocar am HIGH para aumentar o fluxo de ar . Em uma maquina nesse nivel , não adianta encher de ventiladores se não houver fluxo de ar constante e de grande volume para se trocar o calor interno, que aqui é importante .
 FIG. 6) Detalhe painel superior. Da direirta para a esquerda, botão de power, duas USB 2, Audio in/ out auxiliar, outra USB 2, botão reset, com proteção contra pressioamento acidental , e tem até uma bandeja para se apoiar um disco externo.
 FIG. 7) Detalhe do leitor de cartões. Atualmente, sem os leitores de disquete 3,5", os fabricantes aproveitaram o não uso do espaço nos gabinetes,criaram esses leitores.
Cartões padrão SONY ( MS/MSDuo) SD ou MMC, XD , T-Flash, Compact Flash ,( ex.: Canon 5D, 7D ) e ainda outra porta USB 2.
O bom desse leitor da COMTAC, que todas os soquetes / portas podem ser usadas simultaneamente. Como ele usa dois canais USB simultaneamente, ele faz trunk interno e trabalha a 800 Mbits.
 FIG. 8) Vista do gabinete, já com as unidades de DVD e BluRay instalados, bem como a grade frontal. Esse gabinete não é o maior existente no mercado!
Tem coisa maior ainda,  tipo uns 15 cm mais altos ainda e ainda um pouco mais largos .

Abaixo, os paineis fontais dos LG H22N Sata2 300 Mbits DVD e do WH12LS38 Sata2/3 300/600 Mbits BluRay, recorder.

Ambos lidam com o DVD comum em leitura e escrita, mas por uma questão de custo, o DVD hoje na faixa de 90 reais a unidade , é ainda é muito mais utilizado e de reparo mais em conta do que os quase 400 reais nescessários para o BluRay. Atualmente tudo é em DVD. Segundo o Gartner Group, o BluRay só estará no patmar de custo e popularidade do DVD depois de 2014, meados de 2015 . Mas , já temos demandas profiissionais de deliver em BluRay, Full HD / 2K, daí a presença da nova unidade nessa maquina .



 FIG. 9) Detalhe Drives DVD/ BluRay...




Neste monstro, será instalada uma placa mãe ASUS SABERTOOTH 990FX, ou seja a mais elaborada e profissional das placas para AMD Phenom II-X6, Soquete AM3 do mercado . Esta placa tem o Chipset Top de linha da AMD o 990 FX já preparadopara 8 cores/16 Threads que estará disponivel ano que vem com a nova tecnologia Buldozer , que a AMD desenvolveu para seus processadores .

Com a frequencia padão de 3.6 Ghz, os novos Buldozer / Zambezi , já herdaram a evoução No Temp Bug, dos Opteron C33/G34. Assim, como poderão lidar muito melhor com a temperatura , nas duas extremidades, tanto nas mais baixas , como nas mais altas . O TEMP BUG é um problema que se traduz no seguinte : Está tão frio ao redor dos componentes, que eles não ligam e vão funcionasndo até queimar por exesso de temperatura .

Nesse novo release do núcleo, a AMD resolveu esse problema . Mesmo tão baixa como 180 º negativos a tão quente até 95º, eles funcionam. a 95º se desliga imediatemente. Também outra feature, esta herdada do nucleo Thuban, foi a possibilidade de operação sem riscos ou degradação do processador a niveis mais elevados de overclock, desde que bem ventilados. É o chamado Black Edition, com tranca de overclock desligada.
Com o cooler original , o processador  com nucleo Buldozer , pode trabalhar a 4 GHZ, e bem ventilado com um cooler metálico com 5 ou 6 heat pipes, pode chegar s 4.6 Ghz e refrigerado a água pode ficar em 5,6Ghz. O nucleo Thuban, representado pelos atuais Phenon II X6 1090 e 1100T , podem da mesma forma, trabalhar a 3.6Ghz com cooler original, 4.3Ghz com coolers de 4 a 6 heatpipes e 4.6 a 4.8 GHZ refrigerado a agua .

No caso desta workstation que se valerá de um Phenon II (Thuban) 1100T , este será resfriado pelo competente  COOLER MASTER Hyper N520, de 6 HeatPipes de 6mm² e que resultará em 4,3GHZ de velocidade padrão com segurança .


FIG. 10) O COOLER MASTER HYPER N520.



Talhado para trabalho pesado , os 6 pipes garantem uma transferencia de mais de 600 joules/hora de trabalho .


 FIG. 11) Fluxo de ar forçado nas aletas por inflação e exaustão, para evitar resistencia térmica de superficie, efeito semelhante a resistencia superficial de liquidos .

FIG. 12) vista do outro lado , com os conectores dos ventiladores instalados e o cabo Y de alimentação idem e já pregado na carcaça .

Dados tecnicos :
Dimensões : 122,35x102.5x141mm
Peso : 680g
Dissipador : 115x62,5x141 mm
Base de cobre, contato direto
6 Tubos
1890 RPM cada ventilador
Sistema Push Pull
48.8 CFM fuxo de ar
Pressão de ar do ventilador
3.24 mmH²O
Duração 70000 horas (+- 7,9 anos de uso 24h/dia)  .

Ess maquina aonda vai contar com um Array de 4 discos de 500 Giga , que é infinitamente melhor que ter um disco só de 2 tera, mas custa 3 veses mais, placa de video com CUDA, memorias Hyper ...


Mais isso tudo é uma outra história , uma outra postagem .